Weekend Getaway: Porto






Sou uma apaixonada pelo Porto e como sabem estive lá em Março deste ano, na Páscoa. Hoje voltamos até lá mas para ir ao Festival Marés Vivas, ver o Tom Odell.

Foi uma decisão tomada assim espontaneamente, mesmo como eu gosto. Optámos por ir hoje para não ficarmos tão cansados da viagem amanhã, dia do concerto. Como estou a preparar a apresentação da tese, vai ser bom ter estes dias para descansar um bocadinho.

Para o fim-de-semana, planeámos apenas os restaurantes e alguns passeios, já que não nos apetece ir todo o dia para o festival no Sábado, costumamos delinear tudo com a ajuda de um mapa, neste caso usamos o Crumpled City, um mapa super prático à prova de água que se dobra todo e arruma numa bolsinha.

Conto ainda com o meu Diário de Viagem da Rifle Paper Co. e os Ray-Ban Wayfarer que nunca falham.

Desta vez escolhemos uma mala mais prática e então levamos o saco de fim-de-semana Longchamp, o maior da linha Le Pliage que como sempre, não desilude. Com esta linha Longchamp, parece mesmo que o espaço dentro da mala aumenta e apesar do saco ser bastante grande é sempre um receio quando não usamos troley. A melhor parte da mala, e a minha preferida,  é poder dobrar-se e arrumar-se de forma simples e rápida, como todas as malas Le Pliage.

Não podia faltar a música de viagem, que claro, é o novo álbum do Tom Odell, Wrong Crowd, para sabermos as letras todas na ponta da língua.

Com os restaurantes reservados e tudo pronto, só falta mesmo sair da universidade e seguir viagem!




1 comentário: