Honeymoon






Honeymoon is alive and breathing...


Foi com esta frase que Lana Del Rey nos deixou pendurados uns largos meses à espera de mais uma obra de arte.

A cantora mais nostálgica e melancólica que conheço, lançou na semana passada o seu novo álbum, bem diferente de tudo o que já conhecemos.

Numa onda mais smooth e chill, Lana dá-nos músicas como Terrence Loves You, Art DecoHigh By The Beach, sem dúvida inspiradas na sua vida como cantora, nos seus relacionamentos e no que a renova como compositora.






Com 14 faixas, este trabalho foi gravado entre Los Angeles e Nova Iorque, onde também as suas inúmeras viagens de carro entre ambas as costas americanas inspiraram as músicas que compõe o álbum. 
Honeymoon é o sucessor de Born To Die, Paradise e Ultraviolence, regressando às origens dos primeiros discos e a uma sonoridade mais orquestral, melodramática e "cinematográfica", como diz a Rolling Stone. Segundo a Billboard, este é "o mais grandioso e ambicioso projecto de Lana até agora".
Gravado com a ajuda dos produtores Rick Nowels e Kieron Menzies, o disco inclui ainda uma versão de Don´t Let Me Be Misunderstood, de Nina Simone, uma das melhores vozes femininas de jazz e blues de todos os tempos.

| TRACKLIST |

1."Honeymoon"  

5:50
2."Music to Watch Boys To"  

4:50
3."Terrence Loves You"  

4:50
4."God Knows I Tried"  

4:40
5."High by the Beach"  

4:17
6."Freak"  

4:55
7."Art Deco"  

4:55
8."Burnt Norton (Interlude)" 

1:21
9."Religion"  

5:23
10."Salvatore"  

4:41
11."The Blackest Day"  

6:05
12."24"  

4:55
13."Swan Song"  

5:23
14."Don't Let Me Be Misunderstood"  


3:01

Converti-me ao Honeymoon, sendo eu apaixonada pelo primeiro álbum e pelo terceiro, que me completam, fiquei surpreendida com as sonoridades do novo trabalho. Algo que veio de encontro às minhas necessidades momentâneas de momentos só meus, para reflectir, trabalhar e relaxar.






(Produto cedido pela marca para review no blog)


2 comentários:

  1. Estou farta de ouvir em repeat já :D gostei bastante mas ainda assim continuo a preferir o primeiro!

    ResponderEliminar
  2. Adoro Lana e este álbum está magnifico. Tenho de ver se consigo pôr as mãos numa cópia física que adorooo a capa.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar