This.


Hoje, de aperto no peito.


Hoje, como se não existisse amanhã, cabem em mim todas as saudades e lembranças do mundo.

Hoje dói.

Hoje queria mais...mais tempo, mais sonhos, mais planos.

Hoje pedia que tudo se tivesse cumprido como eu planeava. Tudo. Sem excepção.

Hoje inundam-se os olhos.

Hoje, não sei bem porquê.

Mas hoje.

1 comentário: