PESSOAL • Sister From Another Mother

Jul. '13

Pediste que te escrevesse um post no meu blog, eu aceitei, mas tenho andado à meses para tentar encontrar as palavras certas para o escrever. Espero sinceramente tê-lo feito e claro...que gostes!

Conhece-mo-nos já lá vão uns 4 anos. Em Setembro de 2010, acabadas de aterrar no dito do ensino superior, ficámos juntas numa ''manada'' para que durante uma semana, levássemos com vinagre, ketchup e mostarda, para nos tornarmos caloiras da Egas Moniz. Prontamente aceitámos o desafio e a semana foi passando. Aí nasceu a nossa amizade. Na manada penso que éramos umas das alunas de Dentária, o que ajudou muito na criação dos nossos laços de afinidade. 
Lembro-me de te ter achado a pessoa mais poderosa daquele sítio. Afinal...não era todos os dias que víamos alguém ser praxado e levar aquilo completamente na descontra (e sim, eu era a mais calada - como é que isso é possível penso hoje.).

A meio da semana já éramos inseparáveis. Algo que hoje, digo com ainda mais convicção.

Ao longo dos anos fui-me apercebendo do quão eu tu és. Isto é, do quanto me revejo em ti, nas tuas atitudes, no teu sorriso e até na forma como gostas de levar a vida. 

Isto até podia ser uma declaração de amor...que de certa forma até é, mas é também uma forma de eu me relembrar de tudo o que já vivemos.
Estiveste ao meu lado em tantos momentos bons, mas talvez tivesses estado ainda mais nos momentos maus. Lembro-me de uma vez ter chegado ao pé de ti...olhei para ti e tu só perguntaste ''o que é que ele te disse?'' e eu desatei a chorar (coisa díficiiiiiillll). Conheces-me como ninguém sei lá. 

Mas gostar...gosto mesmo das nossas idas a restaurantes. Diverti-mo-nos imenso a comer (é verdade, somos umas gordas), adoro as noites em tua casa com a Mãe Clara, uma das mulheres mais fortes que conheço e que adoro.

Adoro as nossas viagens de carro, com as nossas músicas pirosas e as nossas coreografias. Adoro pensar que vais estar presente no meu casamento, no baptizado dos meus filhos...adoro pensar que não só ganhei uma melhor amiga na faculdade, mas que ganhei uma irmã.

Podes ser filha de uma mãe diferente, mas és a minha única irmã.

Amo-te.




6 comentários: